OAB/RS entra na Justiça para garantir 30% de agências bancárias abertas
capa

OAB/RS entra na Justiça para garantir 30% de agências bancárias abertas

TRF4 cassou outras liminares que garantiam atendimento durante greve dos bancários

Por
Bibiana Dihl / Rádio Guaíba

TRF4 cassou outras liminares que garantiam atendimento durante greve dos bancários

publicidade

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Sul (OAB/RS) entrou com recurso na Justiça para garantir a manutenção de 30% do efetivo em agências bancárias do estado durante a greve. O recurso foi remetido ao Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, que já havia cassado liminar concedida após um pedido feito pela entidade, na semana passada.

O objetivo da OAB/RS é garantir 30% dos bancários em agências e postos sediados nos órgãos da Justiça Estadual, Federal e do Trabalho, em todo o Rio Grande do Sul. Já o Movimento das Donas de Casa e Consumidores do Rio Grande do Sul, que também teve liminar cassada, quer 30% do efetivo em agências da região Metropolitana, base do SindBancários. O movimento também deve entrar com recurso nos próximos dias. Em defesa, o sindicato sustenta que há agências em que os bancários não querem abrir.

Nesta sexta, a greve nacional completou 25 dias, sem previsão de nova rodada de negociação entre a categoria e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Bancários fazem assembleias em todo o País na próxima semana. Nesta sexta, 1.032 agências ficaram fechadas no Rio Grande do Sul, de um total de 1,7 mil. No País, o número chegou a 13.358, o que corresponde a 57% do total. A greve é a terceira mais longa desde 2004, quando a paralisação chegou a 30 dias.