capa

Passageiros reclamam do túnel de acesso ao porto em Porto Alegre

Moradores de rua de Porto Alegre usam o local para dormir

Por
Cláudio Isaías

Moradores de rua utilizam o local para dormir e para realização de necessidades fisiológicas

publicidade

Os passageiros que utilizam diariamente o túnel de acesso, que leva até o terminal hidroviário de passageiros de onde partem o Catamarã e o barco Cisne Branco, reclamam da sujeira no local. A entrada localizada ao lado da Estação Mercado do Trensurb vem sendo utilizada por moradores de rua que, após o fechamento dos portões da estação às 23h20min, utilizam o local para dormir e para realização de necessidades fisiológicas.

Na manhã desta quinta-feira, uma equipe de trabalhadores havia feito a limpeza do local. No entanto, os usuários do transporte hidroviário disseram que em alguns dias é possível encontrar lixo acumulado no local deixado pelos moradores de rua que dormem no local.

O técnico em enfermagem Renato Mendes Soares, morador do bairro Colina, em Guaíba, disse que perdeu a conta de quantas vezes já presenciou a estrutura com lixo, urina e fezes. "É uma falta de educação das pessoas. Não deveria ser permitido que os moradores de rua dormissem na entrada da estação", ressaltou.

A Catsul, responsável pela travessia Porto Alegre/Guaíba, informou em nota que a empresa colocou vigilância particular para a passagem com segurança dos passageiros nas duas travessias - a estação Mercado e no Cais Mauá para evitar assaltos. Com relação ao lixo, mesmo não sendo responsabilidade sua, a empresa realiza a manutenção do espaço.

Segundo a empresa, o túnel de acesso é responsabilidade da prefeitura de Porto Alegre e da Trensurb. Em nota, a Trensurb informou que o acesso ao Cais Mauá foi construído pela empresa no final da década de 1980, juntamente com a obra da estação Mercado. A estrutura foi realizada pela empresa como contrapartida ao município e ao governo do Estado, buscando manter o acesso dos portuários à época.

A gestão do local, no entanto, não são de responsabilidade da Trensurb, tanto no que se refere a limpeza quanto a manutenção, segurança e controle de acessos.