Peru e Japão discutem possível cooperação para uma vacina contra Covid-19

Peru e Japão discutem possível cooperação para uma vacina contra Covid-19

Presidente peruano também anunciou próxima visita ao país de uma missão de cientistas chineses

Por
AFP

Vizcarra e Shinzo Abe conversaram por telefone sobre possível cooperação


publicidade

O presidente peruano Martín Vizcarra e o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe conversaram por telefone sobre a possibilidade de cooperar na busca de uma vacina para combater a pandemia do novo coronavírus, informou o líder andino na terça-feira.

Vizcarra também anunciou a próxima visita ao Peru de uma missão de cientistas chineses e outra de médicos e enfermeiros cubanos, bem como a oferta dos Estados Unidos de ventiladores mecânicos para pacientes com Covid-19.

"Quando conversamos com o primeiro-ministro do Japão, foi para trabalhar em conjunto para trocar informações para encontrar uma vacina para o vírus", disse Vizcarra em uma coletiva de imprensa virtual no Palácio do Governo.

O presidente também indicou que nos próximos dias "uma missão de cientistas chineses virá ao Peru para conversar com os peruanos sobre toda a análise científica desta doença e trabalhar na cura através dos procedimentos que estão dando resultados".

A visita da missão chinesa surgiu do diálogo telefônico entre Vizcarra e seu colega chinês, Xi Jinping, em 2 de maio, quando ambos abordaram o impacto do coronavírus no Peru. O presidente também anunciou que seu colega dos Estados Unidos, Donald Trump, ofereceu ao Peru ventiladores mecânicos para o tratamento de contagiados pelo coronavírus.

Também é esperada uma missão cubana de 85 médicos e enfermeiros em Lima, no âmbito de um acordo de cooperação anunciado há uma semana pelo governo peruano.


O Peru registrou quase 100.000 casos e cerca de 2.900 mortes por Covid-19 desde 6 de março.