Porto Alegre é capital com maior índice de estudantes obesos, segundo IBGE

Porto Alegre é capital com maior índice de estudantes obesos, segundo IBGE

Instituto mediu peso e altura de quase 60 mil adolescentes da 9ª série

Por
Agência Brasil

publicidade

Porto Alegre apresentou a maior frequência de obesos comparado às demais capitais brasileiras (10,5%). A média no País foi de 7,2%, conforme a Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE), do IBGE. O instituto mediu o peso e a altura de quase 60 mil adolescentes da 9ª série, em todas as capitais e investigou suas percepções sobre o próprio estado nutricional.

As maiores ocorrências de estudantes com sobrepeso foram constatadas em Porto Alegre (20,1%) e Rio de Janeiro (18,3%) e a menores, em Palmas (10,9%). O sobrepeso é mais comum entre estudantes das escolas privadas, segundo pesquisa.

Em relação à adequação do peso para a idade e sexo, o índice variou de 68,3%, em Porto Alegre, e 82,1%, em Palmas. As menores prevalências com estado nutricional normal, tanto para o sexo masculino quanto para o feminino, foram encontradas na capital gaúcha, com respectivamente 66,0% e 70,5%. O percentual de escolares abaixo do peso adequado variou entre 1,1% em Porto Alegre e 4,4% em Salvador.

Entre as informações coletadas, a pesquisa constatou que 35,8% das estudantes que se achavam muito gordas estavam dentro do peso adequado. Do mesmo modo, 51,5% das adolescentes entrevistadas que informaram ter tentado emagrecer estavam dentro do peso normal. Por outro lado, quase 90% dos adolescentes que tentaram ganhar peso estavam no estado nutricional adequado.


Bookmark and Share