Protótipo dos novos relógios de rua é instalado em frente a prefeitura da Capital
capa

Protótipo dos novos relógios de rua é instalado em frente a prefeitura da Capital

Se a solução for aprovada, o Município vai assinar o contrato para instalar todos os 168 equipamentos em Porto Alegre

Por
Gabriel Guedes

Operários trabalharam na colocação da estrutura que vai receber o primeiro dos novos relógios de rua de Porto Alegre

publicidade

Para que Porto Alegre tenha de volta seus relógios de rua, foram iniciados nesta quinta-feira, em frente ao Paço Municipal, na praça Montevidéu, Centro Histórico, os trabalhos de instalação de um protótipo dos novos relógios de rua. Segundo prefeito Nelson Marchezan Júnior, "foram mais de dois anos para lançar o edital e colocar os relógios nas ruas". No local, operários trabalham na base, feita de ferro e concreto, e a preparação para receber energia elétrica e a fibra ótica. O serviço é realizado pela Brasil Outdoor, empresa que venceu a licitação e tem como líder a norte-americana Clear Channel. A estimativa é que entre em funcionamento na primeira semana de dezembro.

Conforme a Prefeitura de Porto Alegre, as funcionalidades do equipamento serão avaliadas por dez dias. Se aprovadas, a prefeitura assina o contrato com a empresa para a instalação de todos os 168 relógios, o que deverá ser feito em até 24 meses a partir da assinatura. Além de informarem hora e temperatura, os relógios serão equipados com câmeras de segurança, medidores de radiação solar, painel de mensagens ao cidadão e Wi-Fi gratuito.