Reunião nesta quarta define sobre continuidade da greve dos vigilantes
capa

Reunião nesta quarta define sobre continuidade da greve dos vigilantes

Categoria quer um reajuste de 12% no salário

Por
Ananda Müller / Radio Guaíba

Categoria quer um reajuste de 12% no salário

publicidade

O Sindicato dos Vigilantes do Rio Grande do Sul (SindiVigilante) tem reunião agendada para quarta-feira para discutir com o sindicato patronal o reajuste salarial reivindicado pela categoria, que está em greve desde o começo da semana.

Leia mais sobre a greve dos vigilantes

O SindiVigilante bloqueou pelo segundo dia consecutivo a entrada de diversas agências em Porto Alegre, fazendo com que parte dos estabelecimentos não atendesse ao público, como ocorreu nessa segunda-feira. Na agência central do Banrisul, junto à Praça da Alfândega, nem mesmo o acesso aos caixas eletrônicos foi liberado.

Além disso, o atendimento junto ao Tudo Fácil do centro, na avenida Borges de Medeiros, também está temporariamente suspenso. A greve afeta ainda setores como hospitais e empresas privadas. A categoria reivindica 12% de aumento salarial e elevação no valor do vale-alimentação. Anteriormente, a categoria solicitava reajuste de 18%. De acordo com o presidente do SindiVigilante, Loreni Dias, cerca de 60% da categoria aderiu à manifestação. Os sindicato patronal e dos empregados não informam quantas agências pararam.