RS aguarda informações de municípios para definir vacinação de crianças com Coronavac

RS aguarda informações de municípios para definir vacinação de crianças com Coronavac

Uma reunião decidirá qual faixa etária será atendida e quantas doses irão para cada cidade

Lucas Eliel

Coronavac terá intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação

publicidade

Após a aprovação da aplicação da Coronavac para o público de 6 a 17 anos, o Rio Grande do Sul aguarda informações dos municípios sobre quantitativos de doses em estoque do imunizante para definir como será a vacinação em solo gaúcho. Conforme a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 83 mil doses de Coronavac estão em um centro de distribuição em Porto Alegre. A partir do informe das cidades, será feita uma reunião - que poderá ocorrer ainda nesta segunda-feira - com secretários municipais de Saúde para acertar os detalhes de quantas vacinas irão para cada cidade e qual será a faixa etária a ser imunizada.

De acordo com a SES, dependendo do retorno das coordenadorias regionais em relação aos estoques do imunizante, a vacinação com Coronavac pode atingir inicialmente no RS um público menor do que a recomendação nacional, de 6 a 17. 

A ampliação da Coronavac foi aprovada na última quinta-feira pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Na sexta, a extensão da aplicação do imunizante passou a fazer parte do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO)

A dose aprovada da vacina, produzida a partir de vírus inativado, é a mesma usada para adultos (600 SU em 0,5 ml), com um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação. A recomendação do Ministério da Saúde é que não sejam vacinadas as pessoas de 6 a 17 anos que são imunocomprometidas.

Nesta segunda, chegou ao Brasil um novo lote com 1,8 milhão de doses de vacinas pediátricas da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos. A imunização com as doses da fabricante para este público teve início na semana passada no RS.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895