RS registra 71 novos óbitos e ultrapassa 6,3 mil mortes por Covid-19

RS registra 71 novos óbitos e ultrapassa 6,3 mil mortes por Covid-19

Volume de óbitos diários reportados nesta terça-feira é quase três vezes maior do que o divulgado no dia anterior

Correio do Povo

Estado registrou 3.708 novos infectados nas últimas 24 horas

publicidade

O número de óbitos diários no Rio Grande do Sul por Covid-19 deu um salto ao registrar 71 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas, um volume quase três vezes ao do dia anterior (24 mortes). Com os novos casos, o Estado passa a contabilizar 6.314 mortes nesta terça-feira. De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), dos óbitos divulgados hoje 66 ocorreram entre os dias 3 e 17 de novembro, quatro são de outubro e um de agosto. Os dados, à exceção dos de novembro, estavam represados pelos municípios até hoje.

A pasta também notificou que, de ontem para hoje, foram notificados ao sistema de monitoramento estadual o total de 3.708 novos infectados – o volume é mais que o dobro registrado ontem. Agora, o Estado passa a ter 283.351 casos confirmados espalhados pelos 497 municípios do território gaúcho. 

A taxa de ocupação de leitos de UTI em Geral, conforme o painel de monitoramento da SES, é de 74,8%, um ponto percentual acima do registrado no dia anterior. Contudo, 19 hospitais estão com os dados atrasados. Ontem, era 50 instituições.

Óbitos registrados pela SES

Alvorada (mulher, 76 anos)
Araricá (mulher, 76 anos)
Arroio dos Ratos (homem, 84 anos)
Bento Gonçalves (homem, 65 anos)
Cachoeirinha (mulher, 80 anos)
Canoas (mulher, 69 anos)
Canoas (homem, 74 anos)
Canoas (homem, 73 anos)
Caxias do Sul (mulher, 82 anos)
Caxias do Sul (mulher, 73 anos)
Caxias do Sul (homem, 79 anos)
Cerro Grande do Sul (mulher, 93 anos)
Eldorado do Sul (homem, 89 anos)
Estância Velha (homem, 73 anos)
Esteio (homem, 74 anos)
Fortaleza dos Valos (homem, 78 anos)
Gramado (mulher, 66 anos)
Gravataí (homem, 58 anos)
Guarani das Missões (mulher, 78 anos)
Humaitá (mulher, 63 anos)
Lajeado (mulher, 90 anos)
Novo Barreiro (mulher, 61 anos)
Novo Hamburgo (homem, 55 anos)
Novo Hamburgo (mulher, 74 anos)
Novo Hamburgo (mulher, 68 anos)
Osório (homem, 56 anos)
Pelotas (homem, 80 anos)
Pelotas (homem, 81 anos)
Pelotas (homem, 66 anos)
Pelotas (homem, 97 anos)
Porto Alegre (mulher, 79 anos)
Porto Alegre (mulher, 59 anos)
Porto Alegre (mulher, 70 anos)
Porto Alegre (mulher, 95 anos)
Porto Alegre (homem, 72 anos)
Porto Alegre (homem, 81 anos)
Porto Alegre (mulher, 30 anos)
Porto Alegre (mulher, 63 anos)
Porto Alegre (mulher, 87 anos)
Porto Alegre (homem, 83 anos)
Porto Alegre (mulher, 80 anos)
Porto Alegre (homem, 85 anos)
Porto Alegre (mulher, 80 anos)
Porto Alegre (homem, 66 anos)
Porto Alegre (homem, 83 anos)
Porto Alegre (mulher, 77 anos)
Porto Alegre (homem, 64 anos)
Porto Alegre (mulher, 80 anos)
Porto Alegre (mulher, 93 anos)
Porto Alegre (homem, 78 anos)
Porto Alegre (homem, 88 anos)
Porto Alegre (homem, 86 anos)
Porto Alegre (mulher, 86 anos)
Rio Grande (homem, 76 anos)Tapes (homem, 75 anos)
Tapes (homem, 73 anos)
Três Coroas (mulher, 73 anos)
Vacaria (homem, 74 anos)
Viamão (homem, 21 anos)
Viamão (homem, 62 anos)
Viamão (mulher, 63 anos)
Xangri-lá (mulher, 80 anos)
São Leopoldo (homem, 47 anos)
São Leopoldo (homem, 68 anos)
São Lourenço do Sul (homem, 62 anos)
Sapiranga (mulher, 76 anos)
Sapiranga (homem, 74 anos)
Sapucaia do Sul (homem, 72 anos)
Sapucaia do Sul (homem, 74 anos)
Selbach (homem, 95 anos)
Tapera (mulher, 75 anos)


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895