Só uma entre 11 empresas cumpre prazo e entrega área às margens do Guaíba
capa

Só uma entre 11 empresas cumpre prazo e entrega área às margens do Guaíba

Procuradoria-Geral do Estado está analisando que medida tomar

Por
Rádio Guaíba

publicidade

Por Samuel Vettori

Só uma das 11 empresas instaladas às margens do rio Guaíba, em Porto Alegre, entregou a área ao Estado. O prazo para deixar o local vence nesta terça-feira. Quatro empresários solicitaram prorrogação da data limite para desocupação. Os outros seis não se manifestaram. Os depósitos de areia e empresas de concreto são alvos de ação de despejo pela Secretaria de Portos e Hidrovias (SPH).

A Procuradoria-Geral do Estado está analisando que medida tomar com relação ao pedido de prorrogação e com as empresas que não fizeram a solicitação nem desocuparam o terreno.

O Sindicato das Empresas Extratoras de Areia sustenta que não há outro local em Porto Alegre para se instalar. Com isso, terão que migrar para a margem de outro rio na região Metropolitana, o que deve impactar no custo do metro cúbico, frisou o presidente da representação, Laércio Thadeu Silva.

Bookmark and Share