Sem previsão de desobstrução, ERS 122 segue bloqueada
capa

Sem previsão de desobstrução, ERS 122 segue bloqueada

Pista está fechada após desmoronamentos no início do mês

Por
Rádio Guaíba

Desobstrução prevê implosão de rochas sob risco de novo desmoronamento


publicidade

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) informou hoje que prosseguem os trabalhos para desbloqueio do km 43 da ERS-122, entre Bento Gonçalves e São Vendelino, na Serra, sem prazo para conclusão. Nesta terça, foram retomados os trabalhos de abertura de um caminho por uma trilha acidentada, a fim de permitir o acesso do maquinário pesado.

Quando esse caminho estiver pronto, as rochas com risco de desabamento serão perfuradas e implodidas preventivamente. Conforme o Daer, apenas após a certeza de segurança total é que a via deve ser liberada para o fluxo. Até lá, o bloqueio total segue mantido.

A empresa Caxiense, que opera 46 linhas diárias entre a Serra e a região Metropolitana, informou que ainda não registra prejuízo. O trajeto de aproximadamente duas horas, entretanto, teve acréscimo de 10 a 15 minutos. O bloqueio decorre de dois desmoronamentos registrados durante as chuvas do início do mês.