Sine registra terceiro dia de intensa procura após reabertura presencial

Sine registra terceiro dia de intensa procura após reabertura presencial

Agências reabriram na segunda-feira para atender beneficiários do seguro-desemprego

Samantha Klein / Rádio Guaíba

Em Porto Alegre houve registro de fila na unidade do Centro

publicidade

As agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine) no Rio Grande do Sul voltaram a registrar movimento acentuado nas maiores cidades gaúchas, em especial no começo da manhã desta quarta-feira.

Os municípios com maior procura foram Caxias do Sul e Santa Maria. Em Porto Alegre, também houve registro de fila na unidade do Centro. Os pontos voltaram a atender presencialmente desde a última segunda-feira por conta das dificuldades dos beneficiários em acessar, via Internet, o benefício do seguro-desemprego.

A recomendação é de que os trabalhadores que foram dispensados em meio à pandemia da Covid-19 entrem em contato com a Fundação Gaúcha do Trabalho e Assistência Social (FGTAS) para agendar o atendimento presencial.

Ao ser consultada, a FGTAS informou que a base de gestão do Ministério da Economia não está disponível desde a última sexta-feira. Portanto, não é possível ainda saber quantas pessoas solicitaram e obtiveram o seguro-desemprego desde o começo da semana.

O sistema de encaminhamento do benefício, o Emprega Brasil, também vem apresentado instabilidade. Por outro lado, diminuíram as reclamações em relação ao site e aplicativo da Carteira de Trabalho Digital.

Preocupado com a aglomeração de pessoas que procuraram o Sine do Centro de Porto Alegre desde o início da semana, o presidente da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa, deputado estadual Jeferson Fernandes, solicitou informações do caso à direção da FGTAS. “É esperado que, diante de milhares de demissões, a procura pelo Sine seja grande em função do encaminhamento do seguro-desemprego. O que surpreende é que não se preveja o acolhimento desta demanda preservando os cuidados para evitar o coronavírus”.

Segundo a Prefeitura de Porto Alegre, 90% das pessoas que procuraram o Sine na segunda-feira buscaram encaminhamento da documentação para obter o seguro-desemprego.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895