Alasca tem alerta de tsunami após tremor de magnitude 7,5

Alasca tem alerta de tsunami após tremor de magnitude 7,5

Costa Sul foi colocada em alerta, mas Anchorage, maior cidade do Estado, não foi afetada

AFP

publicidade

O estado do Alasca foi posto em alerta de tsunami nesta segunda-feira, depois do registro de um terremoto com magnitude 7,5, do qual até agora não foram reportados vítimas ou danos, segundo autoridades norte-americanas.

O sismo, inicialmente estimado com magnitude 7,4, foi registrado 91 km a sudeste de Sand Point, nas Ilhas Aleutas, no mar de Bering, a 40 km de profundidade, informou o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS).

A agência nacional de Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA) pôs em alerta de tsunami toda a costa sul do estado, assim como a península do Alasca, mas Anchorage, a maior cidade do estado, situada a quase 1.000 km do epicentro, não foi afetada.

Segundo a NOAA, o "nível de perigo da tsunami está sendo avaliado".  Havia "baixa probabilidade de mortes e danos" decorrentes do próprio tremor, acrescentou o USGS. O forte sismo se seguiu pelo menos de quatro réplicas, com magnitude 5 ou superior.

O terremoto foi sentido na comunidade vizinha de Kink Cove, na Península do Alasca, mas tudo parecia estar intacto, afirmou o administrador da cidade, Gary Hennigh, ao Anchorage Daily News. "Moradores e trabalhadores da fábrica de conservas estão sendo evacuados para áreas mais elevadas até que saibamos mais sobre o alerta de tsunami", disse Hennigh.

Morador de Cold Bay, Michael Ashley relembrou o momento do tremor. "Todos os sofás, poltronas e estantes se mexiam e eu tive que segurar um deles", contou Ashley ao jornal.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895