Ao menos dez morreram em enchentes em Mianmar

Ao menos dez morreram em enchentes em Mianmar

Mais de 54 mil pessoas tiveram que deixar suas casas

Por
AFP

Cerca de 54 mil pessoas tiveram que deixar suas casas


publicidade

Pelo menos dez pessoas morreram e milhares tiveram que deixar suas casas pelas inundações em Mianmar, informou neste domingo uma autoridade do governo. Grandes áreas agrícolas e povoados do país foram submersos pela água, que em muitos casos chegou aos telhados das casas. "Dez pessoas morreram nas enchentes, incluindo três soldados", informou um oficial, que não quis identificar-se.  "Mais de 54 mil pessoas estão desalojadas", acrescentou.

• Terremoto deixa 14 mortos e centenas de feridos em ilha turística da Indonésia

As autoridades criaram 163 abrigos no centro, no sul e no leste do país para receber os deslocados. "Estamos acostumados com as enchentes, mas este ano elas estão sendo piores", disse Myint Myint Than, um desabrigado. "No início, o nível de água não estava tão alto, então optamos por permanecer em casa. Mas quando a água começou a invadir a nossa casa fugimos de barco", explicou por sua vez Than Than Win, de 43 anos.

Há vários dias, as chuvas de monção, particularmente intensas nesta parte da Ásia, provocaram o colapso de uma barragem no Laos, que deixou dezenas de mortos e desaparecidos. Mianmar sofre inundações significativas todos os anos e os especialistas colocaram esse país em 2015 na liderança da lista mundial de pessoas afetadas por condições climáticas extremas. Em 2015, mais de cem pessoas morreram nas inundações e centenas de milhares tiveram que ser deslocadas. Em 2008, o ciclone Nargis, que devastou grande parte da costa birmanesa, deixou 138 mil mortos.