Biden diz que EUA não busca "nova Guerra Fria" em alusão à China

Biden diz que EUA não busca "nova Guerra Fria" em alusão à China

Presidente americano discursou em Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira

AFP

Presidente americano discursou em Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira

publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas que Washington não busca "uma nova Guerra Fria", numa clara alusão ao confronto com a China. Biden discursou logo após o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, encarregado pela abertura das falas

"Os Estados Unidos estão dispostos a trabalhar com qualquer nação que esteja comprometida e busque uma solução pacífica para compartilhar os desafios, apesar de termos intensos desacordos em outras áreas", declarou o presidente dos EUA aos líderes mundiais em Nova York.

Biden afirmou que observou que Washington retornará "plenamente" ao acordo nuclear com o Irã se Teerã fizer o mesmo. Ele destacou que os Estados Unidos estavam "trabalhando" com China, França, Rússia, Reino Unido e Alemanha para "envolver o Irã diplomaticamente e buscar um retorno" ao Plano de Ação Integral Conjunto (JCPoA), que os Estados Unidos abandonaram em 2018. "Estamos preparados para cumpri-lo integralmente novamente se o Irã fizer o mesmo", acrescentou.

Futuro de Israel

Durante discurso, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que um Estado palestino soberano e democrático é a "melhor maneira" de garantir o futuro de Israel. "O compromisso dos Estados Unidos com a segurança de Israel é inquestionável", disse aos demais líderes durante Assembleia Geral da ONU. 

"Mas ainda acredito que uma solução de dois Estados é a melhor maneira de garantir o futuro de Israel como um Estado judeu democrático, vivendo em paz ao lado de um Estado palestino viável, soberano e democrático". "Estamos muito longe desse objetivo nesse momento, mas nunca devemos abrir mão da possibilidade de progredir", declarou.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895