Bolívia anuncia suspensão das relações diplomáticas com Cuba
capa

Bolívia anuncia suspensão das relações diplomáticas com Cuba

Governo provisório de Jeanine Añez alegou que "há permanente hostilidade"

Por
Estadão Conteúdo

Ministro de Cuba chamou a presidente boliviana, Jeanine Áñez, de "golpista autoproclamada"

publicidade

O governo interino da Bolívia anunciou nesta sexta-feira que suspendeu as relações diplomáticas com Cuba, por considerar que há "uma permanente hostilidade e seguidas infrações" por parte do país caribenho. A reação ocorreu em razão das declarações do ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, que chamou a presidente boliviana, Jeanine Áñez, de "golpista autoproclamada".

"O governo cubano, de maneira sistemática, atingiu a relação bilateral com base no respeito mútuo", apontou comunicado do ministro interino das Relações Exteriores boliviano, Yerko Núñez.

A Embaixada da Bolívia em Havana funcionava até o fim do dia, mas deve ser desativada nos próximos.