capa

Canadá aciona exército à espera de inundações destrutivas

Transbordamento de rios e derretimento de neve pode causar danos graves em Quebec

Por
AFP

Alguns pontos do país já estão alagados e uma morte foi confirmada

publicidade

O leste do Canadá, especialmente a província de Quebec, está em alerta máximo neste sábado e o exército foi chamado como reforço, à espera de inundações catastróficas nos próximos dias, depois que vários rios começaram a transbordar. As inundações fizeram uma primeira vítima neste sábado no município de Pontiac, onde uma septuagenário caiu à noite com seu veículo em uma corrente de água.

As chuvas torrenciais nos últimos dias, somadas à neve derretida em toda a rede hidrográfica, aumentaram os fluxos de dezenas de rios do oeste de Ontario, Quebec e New Brunswick, mais a leste. As autoridades esperam o pico de inundação para domingo na região de Montreal, e segunda e terça-feira mais a leste. A maior parte da chuva caiu neste sábado à tarde, mas o aumento da temperatura esperado a partir de domingo em Quebec deve acelerar o derretimento da neve, de acordo com os serviços meteorológicos. Vários municípios declararam estado de emergência, especialmente na região de Outaouais, perto da capital Ottawa, em algumas áreas de Montreal, em Trois-Rivières, na região de Quebec e em New Brunswick.

Em vários municípios, foram distribuídos sacos de areia para construir barragens ou proteger edifícios. O exército foi chamado na sexta-feira para fazer um trabalho de apoio, a pedido da ministra da Segurança Pública do Quebec, Geneviève Guilbault, que pediu à população "extrema prudência e extrema vigilância". Várias equipes de reconhecimento do exército foram destacadas no sábado nas regiões mais afetadas para avaliar as necessidades dos próximos dias, disse Guilbault. O leste do Canadá registrou suas piores inundações em meio século em 2017, com grandes danos e a evacuação de milhares de pessoas de Ontário para Nova Brunswick.