Chuva obriga 1,12 milhão de japoneses a deixarem suas casas
capa

Chuva obriga 1,12 milhão de japoneses a deixarem suas casas

Governo informou que inundações já deixaram cerca de 200 mortos

Por
AFP

Governo orienta moradores que procurem abrigos

publicidade

As autoridades japonesas ordenaram, nesta quarta-feira, a evacuação de mais de um milhão de pessoas, devido às chuvas torrenciais que castigam o sul do país, um ano depois de inundações que deixaram cerca de 200 mortos. O governo informou que houve pequenos deslizamentos de terra em algumas áreas da região afetada, segundo a rádio pública NHK.

No total, 1,12 milhão de pessoas, nas cidades de Kagoshima e Miyazaki, receberam ordens para deixarem suas casas e seguirem para abrigos. Os deslizamentos de terra arrastaram vários carros e soterraram uma casa em Kagoshima. Até o momento, não há informações sobre feridos. A ordem de evacuação costuma ser emitida quando há grande probabilidade de ocorrência de desastre natural.

Ainda que as autoridades orientem os moradores, insistentemente, para procurarem os abrigos, essas instruções são ignoradas com frequência. O nível de alerta mais elevado da escala se ativa quando um desastre é declarado. Na sequência, ordena-se a população a tomar medidas para proteger sua vida. A Agência meteorológica japonesa advertiu sobre a possibilidade de deslizamentos de terra em várias áreas de Kagoshima. As fortes chuvas devem continuar durante a noite desta quarta-feira.