Coreia do Norte reforça não ter planos de retomar negociações com EUA
capa

Coreia do Norte reforça não ter planos de retomar negociações com EUA

Declaração foi feita pelo primeiro-ministro de Relações Exteriores do país, Choe Son Hui

Por
AE

Coreia do Norte segue sem querer retomar relações com os EUA


publicidade

A Coreia do Norte reiterou neste sábado que não tem planos imediatos de retomar as negociações nucleares com os Estados Unidos, a menos que Washington descarte o que descreve como políticas "hostis" em relação a Pyongyang. A declaração foi feita pelo primeiro-ministro de Relações Exteriores do país, Choe Son Hui, após o ex-assessor de segurança nacional do presidente Donald Trump, John Bolton, ter dito a repórteres que Trump poderia buscar um outro encontro com o líder norte-coreano Kim Jong Un, como uma "surpresa em outubro", antes da eleição presidencial nos Estados Unidos.

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, que já havia tentado ajudar nas negociações agora suspensas entre Washington e Pyongyang, também expressou esperança de um novo encontro entre os líderes antes da eleição. Kim e Trump se encontraram três vezes desde que entraram em um acordo diplomático em 2018, mas as negociações foram suspensas no ano passado, quando os norte-americanos rejeitaram demandas norte-coreanas que envolviam uma renúncia parcial à sua capacidade nuclear.