Estado de saúde do opositor russo Navalny tem leve melhora

Estado de saúde do opositor russo Navalny tem leve melhora

Policia russa abriu investigação sobre o caso nessa quinta-feira

AFP

Estado de saúde de Alexei Navalny melhora

publicidade

O estado de saúde do líder opositor russo Alexei Navalny mostra "alguma melhoria", anunciou esta sexta-feira o hospital de Berlim onde ele está internado, depois de ter sido vítima de um envenenamento na Rússia segundo as autoridades alemãs.

"Houve alguma melhora nos sintomas causados pela ingestão de uma substância do grupo dos inibidores da colinesterase", afirmou o Hospital da Caridade em um comunicado, no qual informa que Navalny permanece em coma induzido e sob assistência respiratória.

A porta-voz de Navalny, Kira Yarmish, confirmou no Twitter que "não há atualmente uma grave ameaça para sua vida". "Os médicos, no entanto, se abstêm de qualquer prognóstico" completou a porta-voz. O hospital reafirmou que não é possível no momento determinar se o russo de 44 anos terá sequelas após o "grave envenenamento".

Os médicos alemães afirmaram que Navalny foi intoxicado por "uma substância do grupo dos inibidores de colinesterase". Os produtos podem ser utilizados, em doses pequenas, contra o mal de Alzheimer. Mas em doses elevadas pode ser muito perigoso e se tornar um potente agente neurotóxico, similar ao Novichok

Navalny, muito conhecido por investigar a corrupção da elite russa e o entorno do presidente Vladimir Putin, sentiu um forte mal-estar na semana passada quando viajava de avião de Tomsk, na Sibéria, a Moscou. A aeronave fez um pouso de emergência para que o ativista fosse internado de urgência em um hospital de Omsk.

Sua equipe denunciou de modo imediato um envenenamento e defendeu uma transferência para a Alemanha. Nalvany foi levado a Berlim após alguns dias de elevada tensão com o governo russo.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895