Eurocâmara considera "inaceitável" proposta de orçamento para UE
capa

Eurocâmara considera "inaceitável" proposta de orçamento para UE

Proposta do presidente do Conselho Europeu é de 1,074% da Renda Nacional Bruta da UE, ou seja, cerca de 1 trilhão de euros

Por
AFP

"A proposta é inaceitável e o parlamento a rejeitará", alertou Sassoli

publicidade

A atual proposta sobre o próximo orçamento comum para a União Europeia (UE) é "inaceitável", disse o presidente da Eurocamara, David Sassoli, nesta quinta-feira. "Nossa posição é clara. A proposta é inaceitável e o parlamento a rejeitará", alertou Sassoli em entrevista coletiva, depois de expressar o ponto de vista da instituição aos líderes europeus.

Os dirigentes dos 27 países europeus debatem nesta quinta-feira em Bruxelas o próximo Quadro Financeiro Plurianual (MFP) da UE para 2021-2027 de um bloco sem o Reino Unido.

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, é de 1,074% da Renda Nacional Bruta (RNB) da UE, ou seja, cerca de 1 trilhão de euros. A Câmara Europeia pede 1,3%. Se os líderes chegarem a um acordo, este deverá ser submetido à aprovação dos eurodeputados, após discussão com a Eurocâmara. O compromisso precisa de uma maioria de pelo menos 353 votos no hemiciclo.

Questionado sobre um possível pulso com os líderes se eles decidirem não modificar o texto para agradar aos eurodeputados, Sassoli disse que "o parlamento não é o de sete anos atrás" e enfrentará.