Explosão em cantina na China deixa ao menos 16 mortos

Explosão em cantina na China deixa ao menos 16 mortos

Mais de 150 bombeiros e 50 veículos participam nas tarefas de resgate, segundo a imprensa

AFP

Explosão também causou o desabamento de um prédio na cidade de Chongqing

publicidade

Ao menos 16 pessoas morreram, nesta sexta-feira, após uma explosão numa cantina, que causou o desabamento de um prédio na cidade de Chongqing (sudoeste da China), prendendo muitas pessoas que almoçavam no local. A explosão aconteceu depois das 12h10 locais (1h10 em Brasília), "provavelmente devido a um vazamento de gás", informou a emissora pública CCTV, relatando que equipes de resgate continuam trabalhando no local.

Vinte e seis pessoas ficaram presas no prédio, de acordo com a agência de notícias Xinhua. No início do sábado, Xinhua aumentou o saldo para 16 mortos e 10 feridos, um deles em estado grave. Segundo a agência, os socorristas retiraram todas as pessoas que estavam presas nos escombros. Os feridos estão recebendo atendimento médico, informaram as autoridades de Chongqing em sua conta da plataforma Weibo.

O prédio está localizado no distrito de Wuling, cerca de cem quilômetros a leste da cidade de Chongqing propriamente dita. As pessoas almoçavam na cantina quando aconteceu a explosão. As primeiras imagens divulgadas pela imprensa chinesa nas redes sociais mostram bombeiros abrindo caminho através de paredes desabadas, com a ajuda de um guindaste. Outros vídeos mostram uma densa nuvem de fumaça cinza sobre uma montanha de escombros e civis sendo retirados.

No total, mais de 150 bombeiros e 50 veículos participam das tarefas de resgate, de acordo com a CCTV. "Uma célula de resposta de emergência" foi montada para tratar os feridos e dirigir as operações de socorro, informou o Diário do Povo, o veículo oficial do Partido Comunista (PCC) no poder.

Outro vídeo divulgado pela Xinhua mostrava socorristas em uniformes militares correndo com pás nos ombros. A causa do acidente está sob investigação, de acordo com a CCTV. Uma testemunha relatou a uma televisão pública que a explosão "foi terrível" e que "todas as janelas explodiram". Explosões acidentais são comuns na China, devido ao baixo cumprimento às normas de segurança.

Em outubro de 2021, uma explosão de gás em um restaurante devastou uma rua muito movimentada da grande cidade de Shenyang (nordeste). Deixou pelo menos quatro mortos e 50 feridos. Alguns meses antes, em junho, a explosão de um gasoduto matou 25 pessoas na província de Hubei (centro). Oito pessoas foram presas por negligência, incluindo o presidente da empresa que administrava o gasoduto.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895