Finlândia confirma caso e país se torna o 17º com coronavírus
capa

Finlândia confirma caso e país se torna o 17º com coronavírus

A paciente estava na cidade chinesa de Wuhan, epicentro das contaminações

Por
AE

Pequim confirmou mais 9 casos de coronavírus

publicidade

A Finlândia confirmou nesta quarta-feira o primeiro caso de contaminação por coronavírus, informa a imprensa local. A paciente é uma mulher de 32 anos que chegou ao país nórdico vindo da cidade chinesa de Wuhan, epicentro das contaminações. Quinze pessoas com quem a mulher teve contato estão sendo monitoradas pelas autoridades de saúde finlandesas.

A Finlândia é o 17º país a registrar caso de coronavírus. Infecções já foram confirmadas na Tailândia, Japão, Malásia, Cingapura, Austrália, Estados Unidos, França, Alemanha, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Camboja, Nepal, Vietnã, Canadá e Sri Lanka, além da China.

O Brasil tem três casos suspeitos da doença.

O número de pessoas infectadas na China já passou dos seis mil, superando o total registrado durante a crise da Sars, entre 2002 e 2003, que foi de 5.327.

Segundo a TV chinesa CGTN, já são 6.078 os infectados no país asiático. As mortes permanecem em 132.

Pequim confirma mais 9 casos de coronavírus

Pequim confirmou, também nesta quarta-feira, mais nove casos confirmados de contaminação por coronavírus, elevando para 111 o número de infectados na cidade, informa o jornal chinês Global Times. Em Hong Kong, de acordo com o jornal South China Morning Post, 10 casos já foram confirmados, dois deles nesta quarta.

A companhia aérea British Airways anunciou nesta quarta que cancelou seus voos com destino à China continental.

A United Airlines informou na terça que decidiu suspender rotas para o país.

Também a alemã Lufthansa decidiu nesta quarta-feira suspender seus voos para e da China até o dia 9 de fevereiro.