Israel fecha única passagem de fronteira para os palestinos entre Gaza e seu território

Israel fecha única passagem de fronteira para os palestinos entre Gaza e seu território

Local será aberto apenas para casos de ajuda humanitária

AFP

Local será aberto apenas para casos de ajuda humanitária

publicidade

Israel fechou nesta quarta-feira a única passagem de fronteira para os palestinos entre a Faixa de Gaza, que permanece sob bloqueio, e seu território em resposta aos distúrbios de terça-feira. A passagem de Erez, utilizada pelos moradores de Gaza, permanecerá fechada até os reparos dos danos provocados pela violência, informou o exército, que não citou um prazo para as obras. O local será aberto apenas para os casos humanitários, de acordo com os militares israelenses.

Centenas de palestinos lançaram pedras na terça-feira contra o posto de fronteira, que ficou danificado, segundo o exército. A passagem de fronteira de Erez havia sido reaberta em 27 de agosto, depois de ficar uma semana fechada. A Faixa de Gaza, território entre Israel, Egito e o mar Mediterrâneo, está submetida há 10 anos a um bloqueio terrestre e marítimo por parte de Israel. A fronteira com o Egito permanece fechada quase em tempo integral.

Desde 30 de março, os moradores do território governado pelo movimento islamita Hamas protestam ao longo da fronteira com Israel para exigir o fim do bloqueio e o direito de retorno às terras das quais foram expulsos em 1948, ano da fundação do Estado de Israel. Desde o início dos protestos, ao menos 172 manifestantes palestinos morreram por tiros de soldados israelenses. No mesmo período, um soldado israelense faleceu por disparos procedentes da Faixa de Gaza.

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895