Líderes de protestos na Colômbia convocam nova mobilização para a segunda
capa

Líderes de protestos na Colômbia convocam nova mobilização para a segunda

Decisão ocorreu após nova reunião fracassada com governo do presidente Iván Duque

Por
AFP

Protestos na Colômbia mostram insatisfação com governo de Iván Duque


publicidade

Os líderes dos protestos contra o presidente Iván Duque, na Colômbia, convocaram uma manifestação para a segunda-feira, após uma nova reunião fracassada com o governo. "Ratificamos nossa convocação para todos colombianos irem às ruas na próxima segunda-feira às duas da tarde (16h de Brasília)", disse à imprensa Diogenes Orjuela, presidente da Central Unitária dos Trabalhadores (CUT), um dos principais sindicatos do país.


A convocação foi comunicada após Orjuela se reunir com representantes do governo para discutir 13 reivindicações que deram origem às manifestações contra Duque iniciadas em 21 de novembro. A próxima mobilização vai ocorrer no mesmo dia da possível votação no Congresso de uma reforma tributária, que os promotores dos protestos rejeitam com o argumento de que ela alivia as empresas mais ricas e pune a classe média.