Leão ataca homem no Centro de Nairóbi, no Quênia

Leão ataca homem no Centro de Nairóbi, no Quênia

Homem de 63 anos foi levado a um hospital e seu estado é estável

AFP

publicidade

Um leão solto que vagava por uma rua de Nairóbi, em um horário de grande movimento, feriu um homem na manhã desta sexta-feira. O terceiro caso similar em um mês, indicou o serviço queniano de flora e fauna.

"As pessoas buzinavam e faziam selfies, deixando o leão agitado", explicou Paul Udoto, porta-voz do serviço de flora e fauna do Quênia (KWS). O homem de 63 anos foi levado a um hospital e seu estado é estável. Trata-se de um leão do Parque Nacional de Nairóbi, uma reserva de 117 quilômetros quadrados cercada por uma cidade que não para de crescer e que já tem três milhões de habitantes. O parque não está completamente cercado para permitir que os animais migrem em busca de pasto.

"O leão está de volta são e salvo e nossas equipes seguem em terra para o caso da existência de outros que não tenham sido localizados", indicou Udoto. Em um vídeo publicado nas redes sociais, é possível ver um leão de juba escura trotando por Mombasa Road, uma das mais importantes da cidade.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895