Morre tunisiano que ateou fogo ao próprio corpo nesta terça-feira

Morre tunisiano que ateou fogo ao próprio corpo nesta terça-feira

Ato coincidiu com chegada do secretário-geral da ONU à Tunísia

AFP

publicidade

O tunisiano de 33 anos que se imolou com fogo nesta terça-feira em Sidi Buzid (Centro), onde ocorreram os protestos de dezembro passado que levaram à queda do presidente Zine El Abidine Ben Ali, morreu num hospital de Sfax, informou uma fonte médica.

• Leia mais notícias sobre a Tunísia 

Khaled Ezafuri foi internado no hospital regional de Sidi Buzid em estado grave antes de ser levado para a clínica de Sfax. O ato do tunisiano, que não teve os motivos divulgados, coincidiu com a chegada à Tunísia do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que deve ter um encontro privado com a mãe de Mohamed Buazizi, o jovem que ateou fogo ao corpo em Sidi Buzid em dezembro.


Bookmark and Share

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895