Número de mortos em passagem de Florence pelos EUA sobe para 31

Número de mortos em passagem de Florence pelos EUA sobe para 31

Cerca de 500 mil pessoas seguem sem energia elétrica na região

EFE

Serviço meteorológico também alertou que o Florence provocará "inundações históricas e catastróficas" nos próximos dias

publicidade

Os ventos, as chuvas e as inundações provocadas pela depressão tropical Florence nos Estados Unidos já deixaram 31 mortos no país, de acordo com informações oficiais. Do total, 25 pessoas morreram na Carolina do Norte e seis na Carolina do Sul. Afogamentos, acidentes de trânsito e mortes por quedas de árvores sobre imóveis são as causas mais comuns, segundo as autoridades americanas. Além disso, milhares de pessoas tiveram que deixar suas casas e cerca de 500 mil pessoas seguem sem energia na região.

• Trump declara estado de emergência na Carolina do Sul por tempestade Florence

Os últimos dados do Centro Nacional de Furacões (NHC) divulgados nesta terça-feira indicam que o Florence, que perdeu força e virou uma depressão tropical, se desloca em uma velocidade de 22 km/h, se afastando dos dois estados depois de provocar chuvas durante todo o fim de semana. "É um desastre monumental para nosso estado. É uma tempestade épica que ainda continua porque os rios estão subindo", disse hoje o governador da Carolina do Norte, Roy Cooper.

O Serviço Meteorológico Nacional também alertou que o Florence provocará "inundações históricas e catastróficas" nos próximos dias por causa do transbordamento dos rios.

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895