Polícia investiga "ameaça de bomba" perto do Congresso dos EUA

Polícia investiga "ameaça de bomba" perto do Congresso dos EUA

Tanto o Senado quanto a Câmara de Representantes se encontram em recesso

AFP

Polícia investiga "ameaça de bomba" perto do Congresso dos EUA

publicidade

Um veículo suspeito perto do prédio do Capitólio dos Estados Unidos e da Library of Congress, em Washington, D.C., está sendo investigado pela suspeita de conter explosivos - informou a polícia nesta quinta-feira (19), que pediu a todos que deixassem a área.

A Polícia do Capitólio dos Estados Unidos "está se mobilizando por um veículo suspeito perto da Library of Congress", tuitou a instituição, acrescentando que "se trata de uma investigação ativa de ameaça de bomba". O FBI (a Polícia Federal americana) informou ter-se somado à investigação.

Tanto o Senado quanto a Câmara de Representantes se encontram em recesso, mas há funcionários trabalhando no complexo do Capitólio. A polícia está "enviando negociadores para falar com um homem em um caminhão que está fazendo esta ameaça", disse a rede CNN, citando uma fonte policial.

As forças da ordem não confirmaram esta última informação, mas pedem à população que evite a área ao redor da Library of Congress (Biblioteca do Congresso), que fica em frente ao Capitólio.

A sede principal da Library of Congress foi evacuada, assim como um prédio de gabinetes do Senado, relatou a imprensa americana. Também se esvaziou a sede do Partido Republicano, que fica na vizinhança.

O complexo do Capitólio está sob fortes medidas de segurança desde a letal invasão em 6 de janeiro deste ano por partidários do agora ex-presidente republicano Donald Trump. Em 2 de abril, um policial foi morto, e outro ficou ferido, quando um jovem lançou seu carro contra um posto de controle que protege a entrada do Congresso. Foi morto em seguida.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895