Primeiras vacinas contra Covid-19 deixam fábrica para distribuição nos países da União Europeia

Primeiras vacinas contra Covid-19 deixam fábrica para distribuição nos países da União Europeia

Imunizante Comirnaty, da Pfizer/BioNTech, será usado no início da campanha de vacinação do bloco de 27 nações

AFP

Destino dos lotes não foi informado

publicidade

Os primeiros lotes da vacina dos laboratórios Pfizer e BioNTech destinados aos países da União Europeia (UE) saíram nesta quarta-feira da fábrica belga de Puurs, após receber a aprovação de uso emergencial da Agência Europeia de Medicamentos (EMA). Três veículos frigoríficos partiram desta zona industrial do laboratório americano Pfizer, situado no nordeste da Bélgica, onde é produzido o imunizante Comirnaty, também conhecido como BNT162b2, para a Europa.

A operação foi realizada sob um forte esquema de segurança. De Puurs também saíram, no início do mês, as vacinas dirigidas ao Reino Unido, onde a campanha de vacinação começou há duas semanas. A Pfizer não deu detalhes sobre o destino das doses transportadas nesta quarta-feira. 

A Comissão Europeia deu o sinal verde para a distribuição do imunizante nesta semana e vai começar a vacinação na UE em 27 de dezembro.  Em novembro de 2020, foi firmado um acordo para fornecimento de 200 milhões de doses, com opção de até 100 milhões de doses adicionais, mediante acordo das partes.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895