Putin adia votação de reforma e declara licença de trabalho por novo coronavírus
capa

Putin adia votação de reforma e declara licença de trabalho por novo coronavírus

Rússia tem mais de 650 casos de infecção

Por
AFP

Presidente russo decide adiar votação no país sobre reforma


publicidade

O presidente russo Vladimir Putin afirmou nesta quarta-feira que vai adiar a votação em plebiscito sobre a reforma constitucional devido à pandemia de novo coronavírus e declarou licença de trabalho no país para a próxima semana. A Rússia tem 1 morte pela Covid-19 e 658 casos de infecção, de acordo com o mais recente levantamento da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos.

"Acredito que a votação tem que ser adiada para uma data posterior", afirmou Putin em referência à deliveração prevista para 22 de abril, em um discurso incomum exibido na televisão, durante o qual anunciou que os russos não trabalharão na próxima semana para "desacelerar" a propagação da Covid-19.

A reforma já foi aprovada pelo Parlamento da Rússia e amplia os poderes do Executivo, ratificando uma visão conservadora da Rússia, com a menção da "fé em Deus" e o princípio do casamento possível apenas entre um homem e uma mulher.

Como prevenir o contágio do novo coronavírus 

De acordo com recomendações do Ministério da Saúde, há pelo menos cinco medidas que ajudam na prevenção do contágio do novo coronavírus:

• lavar as mãos com água e sabão ou então usar álcool gel.

• cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir.

• evitar aglomerações se estiver doente.

• manter os ambientes bem ventilados.


• não compartilhar objetos pessoais