Quatro moradores de rua são agredidos até a morte em Nova Iorque

Quatro moradores de rua são agredidos até a morte em Nova Iorque

Polícia deteve um homem como suspeito do ataque, ele também é sem-teto

AFP

Em Nova Iorque, mais de 63.000 pessoas dormem em abrigos e quase 4.000 nas ruas

publicidade

Um sem-teto usando um cano de metal agrediu quatro outros moradores de rua até a morte neste sábado, em Nova Iorque, informou a polícia. Um quinto homem foi hospitalizado em estado crítico. A polícia deteve um homem de 24 anos como suspeito do ataque na área de Chinatown, no sul de Manhattan, nas primeiras horas deste sábado. As vítimas aparentemente estavam dormindo quando foram atacadas, disse Michael Baldassano, do departamento de polícia de Nova Iorque. "O motivo parece ser, no momento, apenas um ataque aleatório", afirmou à imprensa. "O motivo não parece ter sido raça, idade, nada dessa natureza", acrescentou.

Todas as noites, mais de 63.000 pessoas dormem no sistema de abrigos da cidade de Nova Iorque, afirma o Bowery Mission, um grupo de defesa. Mas quase 4.000 dormem nas ruas, no metrô ou em outras áreas públicas. O grupo afirma que os motivos para tantos moradores de rua incluem doenças mentais, abuso de substâncias, falta de moradia acessível e problemas para manter um emprego.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895