Scotland Yard tem novas pistas sobre o caso Madeleine McCann

Scotland Yard tem novas pistas sobre o caso Madeleine McCann

Menina britânica desapareceu em 2007, em Portugal

AFP

Desde 2007, pais de Madeleine McCann buscam a filha

publicidade

A Scotland Yard anunciou nesta quinta-feira que identificou 38 pessoas que podem estar ligadas com o desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann. A criança sumiu em 2007, em Portugal. "Nossa investigação progrediu até um ponto em que identificamos 38 pessoas de interesse. Estas pessoas procedem de vários países europeus e estamos agora em um estágio avançado de diálogo com cada país", destacou a polícia britânica.

As pessoas devem ser investigadas nos próximos meses para determinar um eventual envolvimento. "Doze pessoas são britânicas que acreditamos que estavam em Portugal quando a menina desapareceu", afirma a polícia britânica em um comunicado. "Seguimos pensando que existe uma possibilidade de que ela esteja viva", declarou Andy Redwood, que coordena a Operação Grange.

A pequena Madeleine McCann desapareceu na noite de 3 de maio de 2007, poucos dias antes de seu quarto aniversário, em um quarto no complexo turístico de Praia da Luz (Algarve, sul), no qual os pais a deixaram ao lado dos irmãos gêmeos antes de jantar com amigos no mesmo hotel.

O caso foi investigado durante 14 meses e arquivado sem qualquer resultado em Portugal. Mas os pais da menina, Gerry e Kate McCann, convencidos de que ela foi sequestrada, pressionaram para que o governo britânico revisasse os elementos da investigação.

Bookmark and Share

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895