Sobe para 25 o número de mortos por tornados no sudeste dos EUA
capa

Sobe para 25 o número de mortos por tornados no sudeste dos EUA

Danos das tempestadas também provoca apagão para milhares de norte-americanos

Por
AFP

publicidade

Pelo menos 25 pessoas morreram nesta terça-feira, depois que vários tornados atingiram o Tennessee, no sudeste dos Estados Unidos, causando graves danos materiais e falta de energia para dezenas de milhares de habitantes. Equipes de resgate buscavam entre os escombros sobreviventes e desaparecidos, informou um funcionário da Agência de Gerenciamento de Emergências do Tennessee (TEMA), informando que o número de vítimas pode aumentar.

O presidente Donald Trump pediu que todos rezassem "pelos afetados nos tornados devastadores" que passaram pela região, anunciando que viajará ao Tenessee na próxima sexta-feira. A capital, Nashville, ficou devastada com ruas cheias de lixo e entulhos após a chegada do primeiro tornado, logo após a meia-noite no horário local. Imagens da emissora local do canal americano ABC mostraram vários carros empilhados, estabelecimentos destruídos e o que parecia ser uma dezena de aeronaves esmagadas umas nas outras no aeroporto John C. Tune, em Nashville.

Os apagões afetam 47.000 pessoas, de acordo com a empresa Nashville Electric. "Uma série de fortes tempestades atravessou o Tennessee e causou graves danos a edifícios, estradas, pontes, serviços públicos e empresas em vários municípios", disse a agência de emergência estadual. "Acho que tenho sorte de estar vivo e ainda tenho que assimilar" o que aconteceu, disse um morador daquela cidade à emissora de televisão local WTVF depois que uma placa esmagou seu carro. O prefeito John Cooper escreveu no Twitter que "Nashville está sofrendo e nossa comunidade foi devastada".

"Nas próximas horas, continuaremos mobilizando equipes de busca e resgate, abrindo abrigos em todo o estado e enviando equipes de emergência nas comunidades mais afetadas", postou no Twitter o governador do Tennessee, Bill Lee. - Jornada eleitoral -O Tenessee é um dos 14 estados que votam para as cruciais primárias nesta "Superrerça" nos Estados Unidos, que ajudará a definir qual candidato democrata disputará com o republicano Donald Trump as próximas eleições em novembro. Devido aos danos causados pelo tornado, o início do pleitoo foi adiado uma hora em Nashville e no Condado de Wilson, onde várias seções de votação tiveram que ser improvisadas, informou o jornal local The Tennessean. Um juiz decidiu que nesses locais as mesas de votação permanecerão abertas por mais tempo.

Segundo o prefeito Cooper, a tempestade afetou cerca de 15 pontos de votação, menos de 10% do total. A senadora de Massachusetts e pré-candidata democrata, Elizabeth Warren, por sua vez disse estar "com um peso no coração por causa das vítimas e das famílias". O pré-candidato Mike Bloomberg também postou nas redes sociais, enquanto isso, que acompanhou os eventos no Tennessee com "grande arrependimento". A cantora Taylor Swift,, que fez do Tennessee seu estado adotivo, escreveu em sua conta no Twitter que enviou "seu amor e suas orações" a todas as pessoas afetadas. A estrela de Hollywood Reese Witherspoon, que cresceu em Nashville, também dedicou uma mensagem de conforto aos habitantes do estado. "Rezo pelas famílias que perderam entes queridos. Fique seguro, por favor", escreveu a atriz, cujo terceiro filho se chama Tennessee.