Suíça aprova uso definitivo da vacina da Pfizer contra Covid-19

Suíça aprova uso definitivo da vacina da Pfizer contra Covid-19

Órgão regulador suíço disse que dados disponíveis mostram que imunizante tem alto nível de eficácia

AE

Suíça aprova vacina da Pfizer contra Covid-19

publicidade

O órgão regulador da Suíça, Swissmedic, informou em comunicado neste sábado que liberou a vacina da Pfizer e da BioNTech contra a Covid-19 para uso definitivo no país. A nota lembra que é a primeira vez no mundo em que a autorização para o imunizante é dada por meio de um procedimento ordinário, não por um aval de uso emergencial.

O órgão afirma que os dados mostram que o nível de proteção garantido após sete dias da aplicação da segunda dose da vacina é de mais de 90%. A autorização é dada dois meses após a agência ter recebido o pedido das empresas.

Segundo o órgão suíço, os dados disponíveis mostram que a vacina tem alto nível de eficácia em todos os grupos etários investigados, portanto cumpre com os requisitos de segurança. Um comitê independente também deu aval para a vacina no país nesta semana, diz a nota.

A Suíça registra todos os dias mais de 4 mil novos casos e mais de cem mortes. No total, o país registra 400 mil casos e 6 mil mortes desde o início da pandemia. O governo suíço anunciou nesta sexta-feira novas medidas para conter a pandemia de Covid-19. A partir de 22 de dezembro, os restaurantes, centros comerciais e esportivos e outros locais de lazer terão que fechar. As lojas permanecerão abertas, mas com capacidade limitada. As restrições estarão em vigor até 22 de janeiro.

Veja Também

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895