Submarino dos EUA atinge objeto não identificado no Mar da China Meridional

Submarino dos EUA atinge objeto não identificado no Mar da China Meridional

Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas

AFP

Submarino de propulsão nuclear americano chegou à ilha de Guam

publicidade

O submarino de propulsão nuclear americano que atingiu um objeto não identificado no Mar da China Meridional chegou nesta sexta-feira (8) à ilha de Guam, no Pacífico, com 11 feridos.

Na quinta, a Marinha dos Estados Unidos anunciou que o "USS Connecticut", submarino de propulsão nuclear da classe Seawolf, "colidiu com um objeto quando estava submerso na tarde de 2 de outubro. Ele operava em águas internacionais na região do Indo-Pacífico". "Foi no Mar da China Meridional", disse um funcionário nesta sexta-feira, solicitando anonimato. "Onze pessoas ficaram feridas, duas com lesões moderadas, mas não houve lesões que representassem risco de vida".

O funcionário americano se recusou a dizer se o acidente ocorreu em águas profundas, citando preocupações de "segurança operacional" e afirmou que sua causa ainda não foi determinada. Pequim reivindica quase todo o Mar da China Meridional e construiu postos militares em pequenas ilhas, enquanto os Estados Unidos e seus aliados patrulham com frequência as águas internacionais da região para fazerem valer seu direito à liberdade de navegação.

A Marinha indicou que está examinando a extensão dos danos e investigando o incidente. “O submarino permanece em condições seguras e estáveis. O dispositivo de propulsão nuclear e os espaços (internos) do 'USS Connecticut' não foram afetados e permanecem totalmente operacionais”, garantiu em comunicado.

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895