capa

Trump comemora vitória de Netanyahu e diz que eleição aumenta chance de paz no Oriente Médio

"Bibi" caminha para seu quinto mandato como primeiro-ministro de Israel

Por
AFP

Trump comemorou vitória do aliado político Benjamin Netanyahu nas eleições em Israel

publicidade

O presidente americano, Donald Trump, afirmou, nesta quarta-feira, que os resultados das eleições legislativas israelenses, que apontam para uma vantagem do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, aumentam as probabilidades de se conseguir paz no Oriente Médio. "Agora que 'Bibi' (apelido do premiê) ganhou, acho que veremos boas coisas em relação à paz", disse Trump, evocando o plano de paz, no qual seu governo trabalha desde sua chegada ao poder e cujo conteúdo continua sendo secreto.

"Todo mundo disse que não pode haver paz no Oriente Médio entre Israel e os palestinos. Acho que temos uma oportunidade e acho que, agora, temos uma oportunidade melhor", completou.

Netanyahu caminha para seu quinto mandato como primeiro-ministro de Israel, depois da apuração quase total dos votos. Com isso, ele se coloca em melhor posição do que seu adversário para formar um novo governo. "Quero felicitar Bibi Netanyahu", disse Trump, ao se referir a seu "amigo" e "aliado formidável". Trump apoiou Netanyahu energicamente, incluindo o reconhecimento americano da soberania israelense sobre as Colinas de Golã.

A região foi tomada por Tel Aviv da Síria em 1967, e anexada em 1981. As lideranças palestinas se mostram céticas quanto ao plano de paz americano de paz no Oriente Médio, devido ao amplo apoio de Trump a Netanyahu. Na terça, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, recusou-se a reafirmar o histórico apoio dos Estados Unidos à criação de um futuro Estado palestino.