Turista alemão morre em explosão de mina em Mianmar

Turista alemão morre em explosão de mina em Mianmar

Uma mulher argentina teve ferimentos leves ferida no acidente

Por
AFP

publicidade

Um turista alemão morreu e uma mulher argentina ficou ferida na explosão de uma mina terrestre em Mianmar, informou a polícia local nesta quarta-feira, dias após o país ser criticado por seu uso contínuo desse tipo de artefato explosivo.

O acidente ocorreu perto da cidade de Hsipaw, um popular local de descanso para mochileiros que frequentemente viajam pela região de trem de Mandalay até chegar às montanhas. Tim Geibler, de 40 anos, morreu na tarde de terça-feira perto das aldeias de Pan Nayung e Kwun Haung, informou um policial local à AFP.

"Os turistas não podem ir a esta área", disse, acrescentando que uma argentina de 39 anos também ficou levemente ferida na explosão. A ONG Sem Fronteiras, que administra um serviço de ambulância com funcionários voluntários, disse à AFP que ela já havia recebido alta do hospital.

Um porta-voz do ministério das Relações Exteriores da Alemanha confirmou o incidente e disse que a embaixada em Yangon está em contato com os parentes de Geibler. O relatório Landmine Monitori 2019 afirma que Mianmar é o único país do mundo onde foram documentados o uso de novas minas terrestres durante o último ano.