capa

Venezuela denuncia ataque de hackers a sites de embaixadas com falso apoio a Guaidó

Intervenções nos portais da Argentina e México foram confirmadas por meio de comunicado

Por
AFP

Informações falsas teriam sido publicadas com objetivo de boicotar serviços diplomáticos

publicidade

O Ministério das Relações Exteriores da Venezuela denunciou nesta quinta-feira que os sites de suas embaixadas no México e na Argentina foram objeto de um ataque cibernético com "informações falsas" a favor do reconhecimento da oposição Juan Guaidó como presidente interino do país petroleiro.

Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores confirmou "o ataque e a intervenção nos portais das embaixadas venezuelana, na Argentina e no México, onde informações falsas sobre seus embaixadores foram publicadas com o único propósito de boicotar os serviços diplomáticos". Por algumas horas, o site da embaixada em Buenos Aires mostrou uma falsa declaração em nome do encarregado de negócios argentino, Juan José Valero, que "em resposta às decisões de outros diplomatas venezuelanos na região", reconheceu a Assembleia Nacional da Venezuela "como o único órgão legítimo" desse país.