Agência bancária é atacada com explosivos em Cerro Grande do Sul
capa

Agência bancária é atacada com explosivos em Cerro Grande do Sul

Uma das paredes do prédio foi derrubada com o impacto da explosão

Por
Correio do Povo

Agência bancária foi atacada com explosivos em Cerro Grande do Sul

publicidade

Uma agência bancária do Bradesco foi atacada com explosivos, na madrugada deste sábado, em Cerro Grande do Sul. Segundo os moradores, foi possível escutar duas explosões, por volta das 3h, no prédio onde o terminal ficava na rua José Curtinaz Pacheco Filho, área central da cidade. Moradias e muros no entorno foram afetadas, sendo verificada a morte de um cão e de um papagaio dos vizinhos ao banco.

O prédio ficou destruído e um caixa eletrônico foi detonado, sendo levado uma quantia em dinheiro. As notas ficaram, porém, manchadas com tinta vermelha do dispositivo de segurança.

Pelo menos cinco criminosos teriam participado da ação. Após o ataque, eles fugiram em um Renault Fluence, de cor branca, e efetuaram tiros de intimidação. Logo após, foram encontrados cartuchos deflagrados de fuzil 5.56.

A Brigada Militar isolou o local para o trabalho do Instituto-Geral de Perícia. A operação foi realizada após o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Brigada Militar ter realizado uma varredura de segurança. O Corpo de Bombeiros Militar ficou de prontidão.


Em dezembro do ano passado, o mesmo posto bancário havia sido atacado também com explosivos.