Autor da agressão que causou a morte de jogador em Carlos Barbosa no sábado se apresenta na polícia

Autor da agressão que causou a morte de jogador em Carlos Barbosa no sábado se apresenta na polícia

Vítima recebeu uma "voadora" após desentendimento durante partida de futebol

Celso Sgorla

publicidade

Um jovem 21 anos, foi identificado como sendo o autor da “voadora” que levou a morte de Geovani Biancho, 42 anos, neste sábado, durante uma partida de futebol que estava acontecendo na localidade de Torino, interior de Carlos Barbosa.

A vítima foi atingida pelo golpe no peito após um desentendimento com um jogador do time adversário e caiu inconsciente. Biancho chegou a ser socorrido pelos Bombeiros Voluntários e encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital São Roque de Carlos Barbosa. A vítima sofreu uma parada cardiorrespiratória, e necessitou ser entubada e depois transferida para o hospital de Bento Gonçalves onde acabou falecendo.

Conforme o delegado de Carlos Barbosa, Marcelo dos Santos Ferrugem, o autor da agressão esteve na Delegacia de Polícia neste domingo, onde prestou depoimento e admitiu o golpe, porém disse que não imaginava que poderia causar a morte do atleta. O delegado informou que ele foi enquadrado por crime de lesão corporal seguido de morte classificado como “Preterdoloso”, onde o autor tem a intenção de ferir a vítima, mas com a agressão acaba causando sua morte. O inquérito policial foi instaurado e o jovem de 21 anos vai responder o processo em liberdade.

A despedida de Geovani Biancho, foi realizada neste domingo, no Ginásio Poliesportivo de Barão de onde era natural. Ele deixou a esposa e um filho com três anos de idade. O atleta era coordenador de um projeto na Escolinha de Futebol Primeiro Drible, que atende dezenas de crianças e também sócio de uma empresa de metalurgia do município.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895