Denúncia de uma mãe de um usuário de drogas leva a Polícia Civil a prender traficantes em Canoas

Denúncia de uma mãe de um usuário de drogas leva a Polícia Civil a prender traficantes em Canoas

Agentes mapearam locais onde jovem comprava entorpecentes e identificaram a rede de narcotráfico

Por
Correio do Povo

Houve a apreensão de 55 porções de maconha, crack e cocaína, além de R$ 3,5 mil em dinheiro, quatro aparelhos celulares, um revólver com munições


publicidade

Sete traficantes foram presos na operação Filius concluída na manhã desta terça-feira da 1ª DP de Canoas. A ação foi coordenada pelo delegado Rafael Pereira e resultou na apreensão de 55 porções de maconha, crack e cocaína, além de cerca de R$ 3,5 mil em dinheiro, quatro aparelhos celulares, um revólver e seis munições. Seis dos detidos foram capturados em residências nos bairros Mathias Velho e Niterói, em Canoas, e dentro de bar no Centro de Porto Alegre.

O trabalho investigativo durou em torno de dois meses e começou após denúncias feitas por uma família de Canoas que resolveu pedir ajuda após seu filho ser internado em razão da drogadição. Os agentes mapearam então todos os pontos onde o rapaz adquiriria drogas. Eles observaram e monitoraram todos os traficantes que tinham contato como jovem e também apuraram toda a rede de narcotráfico, sendo identificados pontos de venda e de distribuição.

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ªDPRM), delegado Mario Souza, observou que “o vício da droga pode causar prejuízos graves aos usuários e as suas próprias famílias” e que “com as denúncias a sociedade de Canoas pode estar certa de que a Polícia Civil fará sua parte contra os prejuízos familiares advindos do vício”.