Denarc apreende 35 quilos de maconha com fornecedor de drogas em Cachoeirinha

Denarc apreende 35 quilos de maconha com fornecedor de drogas em Cachoeirinha

Ação ocorreu após criminoso ter abastecido recentemente um traficante de Cachoeira do Sul

Correio do Povo

Além do entorpecente, uma balança de precisão e um telefone celular foram recolhidos

publicidade

O Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil confirmou nesta sexta-feira a apreensão de cerca de 35 quilos de maconha em Cachoeirinha. O flagrante ocorreu durante uma operação, sob comando do delegado Thiago Bennemann, iniciada ainda na tarde de quinta-feira no bairro Vila Bom Princípio. A ação foi realizada em conjunto com a 20ª Delegacia de Polícia Regional do Interior (20ª DPRI) de Cachoeira do Sul, coordenada pelo delegado José Antônio Taschetto Mota.

O Denarc havia recebido informações envolvendo o transporte de drogas depois de uma prisão ocorrida em Cachoeira do Sul. Na quarta-feira passada, as equipes da 1ª DP e da 2ª DP daquela cidade, junto com a 20ª DPRI, detiveram um traficante com mais de meio quilo de maconha, cerca de R$ 2,3 mil em dinheiro, uma balança de precisão, um telefone celular e um caderno de anotações. A droga vinha da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Nas diligências após troca de informações com a 20ª DPRI, os agentes do Denarc identificaram o veículo suspeito de ser utilizado no esquema. Tratava-se de um Volkswagen Gol que então abordado em Cachoeirinha.

No veículo foram encontrados 15 quilos de maconha no banco traseiro. Uma balança de precisão e um telefone celular foram recolhidos. O motorista foi preso. Ele estava inclusive foragido. Depois, os policiais civis foram até o apartamento do preso, onde localizaram mais 20 quilos da droga. “Ele era o fornecedor de droga para o traficante de Cachoeira do Sul”, resumiu o delegado Thiago Bennemann.

Já o delegado José Antônio Taschetto Mota destacou a importância da "integração como forma de combate ao narcotráfico no Interior do Estado, uma vez que a droga em regra é oriunda da Região Metropolitana".


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895