Filho diz que Flordelis e três irmãs podem ter participação em morte de pastor
capa

Filho diz que Flordelis e três irmãs podem ter participação em morte de pastor

Irmão dos dois presos sob suspeita do homicídio prestou depoimento nesta quinta-feira

Por
R7

Parlamentar disse "querer Justiça" ao comentar o caso

publicidade

Um dos filhos da deputada Flordelis (PSD-RJ), que não teve a identidade revelada, prestou depoimento nesta quinta-feira e disse desconfiar de uma possível participação da mãe e de três irmãs, além dos dois irmãos presos, na morte do pastor Anderson do Carmo, no último domingo. A informação é da Record TV.

Dos dois presos suspeitos pelo homicídio de Anderson, um era enteado da vítima e filho biológico da parlamentar. Ele é apontado como responsável por efetuar os disparos contra o pastor. O outro, filho adotivo do casal, é suspeito de ter adquirido a pistola usada no crime.

Os dois irmãos foram colocados frente a frente na Delegacia de Homicídios, em Niterói, região metropolitana do Rio, para esclarecer os fatos. O filho biológico da deputada, então, confessou ter cometido o assassinato.

O depoimento do terceiro filho de Flordelis deu uma reviravolta no caso, já que coloca mais quatro pessoas da família como suspeita - as três irmãs e a própria deputada. No entanto, ainda não há detalhes sobre o que ele disse aos policiais. A reportagem procurou a assessoria de imprensa da deputada Flordelis, que não se posicionou. Anteriormente, ela disse "querer Justiça" no caso.