Foragido da Polícia Civil do Ceará é capturado em Sapiranga
capa

Foragido da Polícia Civil do Ceará é capturado em Sapiranga

Criminoso foi um dos alvos da operação Ohlepse e estava escondido na cidade gaúcha

Por
Correio do Povo

Alvo da ação foi uma quadrilha envolvida com roubo, furto e adulteração de veículos, comércio de armas, agiotagem, crime ambiental e homicídios.

publicidade

A Polícia Civil do Ceará anunciou a prisão de quatro criminosos envolvidos em um esquema de roubo, furto e adulteração de veículos, além do comércio irregular de armas de fogo, agiotagem, crimes ambientais e encomenda de homicídios. Um deles foi capturado no Rio Grande do Sul durante a segunda fase da operação Ohlepse que começou ainda na terça-feira. Houve o cumprimento de 15 ordens judiciais, sendo quatro mandados de prisão e 11 mandados de busca e apreensão. No RS, o foragido, de 29 anos, foi localizado e preso na cidade de Sapiranga, onde estava escondido para escapar da investigação em sua terra natal.

No Ceará, a ação ocorreu nas cidades de Nova Olinda, Altaneira, Assaré e Tarrafas. Houve o recolhimento de quatro armas de fogo, duas motos e um automóvel, além de diversos cartões de benefício, notas promissórias, eletrodomésticos, aparelhos celulares e a quantia de R$ 5 mil em dinheiro. As investigações terão prosseguimento.

Santa Catarina 

Já a Polícia Civil de SC prendeu três assaltantes de bancos que atacaram no dia 8 de outubro uma agência do Santander em Balneário Camboriú. Dois criminosos foram capturados no Rio Grande do Sul. Eles estavam escondidos nas cidades de Guaíba e Capão da Canoa. Já uma mulher foi detida em Curitiba, no Paraná. Os três são parentes de funcionário terceirizado do banco que no dia do crime havia sido preso em flagrante por ter facilitado a entrada dos ladrões, sendo acusado de mentor do roubo. A operação realizada na terça-feira pela Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú e Diretoria Estadual de Investigações Criminais, de Florianópolis.