Homem executado em Frederico Westphalen cumpria pena no semiaberto
capa

Homem executado em Frederico Westphalen cumpria pena no semiaberto

Companheira da vítima também foi morta a tiros às margens da BR 386

Por
Agostinho Piovesan

publicidade

O delegado de polícia de Frederico Westphalen, Eduardo Ferronato Nardi, informou na manhã desta quarta-feira que o homem, de 35 anos, morto a tiros na noite de ontem, estava na condição de detento no semiaberto do presídio estadual que fica no município. Segundo o delegado, possivelmente no momento em que foi morto ele estaria se deslocando para a casa de detenção.

O homem foi morto juntamente com uma mulher, de 27 anos, às 19h15min, às margens da BR 386, km 33. O casal caminhava nas margens da rodovia, quando foi surpreendido por tiros desferidos por duas pessoas que estavam escondidas no meio da vegetação. Ela conseguiu correr até uma residência próxima, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ele, após alvejado, tentou atravessar a pista da rodovia, mas caiu sobre o asfalto e também morreu. 

Uma camionete S-10, com placas de Frederico Westphalen, que trafegava na BR 386, ao desviar do corpo acabou colidindo frontalmente contra um Celta, placas de Palmitinho, que vinha na direção contrária. Do acidente resultou uma pessoa ferida, que foi encaminhada ao Hospital Divina Providência (HDP) e passa bem.

Nardi disse ainda que o casal residia em Canoas. “Ele cumpria pena por furto no presídio de Frederico Westphalen e sua companheira veio residir nesta cidade e acabaram executados”, observa. Foi aberto inquérito e já foram ouvidas algumas pessoas, na tentativa de identificar os autores dos disparos.