Mais dois suspeitos de golpe da casa própria são presos em Viamão

Mais dois suspeitos de golpe da casa própria são presos em Viamão

Organização criminosa atuava em uma construtora e teria causado prejuízos de R$ 300 mil

Correio do Povo

Suspeitos foram detidos em Viamão, cidade sede da construtora

publicidade

Mais dois integrantes de uma organização criminosa de Viamão, investigada por estelionato contra vítimas que pretendiam construir a casa própria, foram presos na manhã desta sexta-feira. Os homens, de 41 e 33 anos, detidos hoje, eram os únicos do grupo que ainda estavam soltos. Ao todo, a organização, que causou prejuízo de R$ 300 mil a pelo menos 15 vítimas, era formanda por empresários e trabalhadores da construtora.

Segundo o delegado Sander Cajal, o homem, de 41, era vendedor e cooptava as vítimas. Ele também representava a empresa nas audiências. O outro, de 33 anos, era responsável pela sede da construtora no litoral em Nova Tramandaí, no Litoral Norte. Outros três suspeitos já haviam sido presos pela Polícia Civil, na última sexta-feira, em Viamão.

O grupo é suspeito de utilizar a empresa para cometer crimes de estelionato e organização criminosa nas cidades de Porto Alegre, Guaíba, Gravataí, Alvorada, Canoas, Osório e Imbé. A empresa induzia as vítimas em erro, prometendo a construção de casas mais baratas do que os preços de mercado, mas após o recebimento dos valores correspondentes à entrada do contrato, não cumpria a totalidade do acordo.

Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895