Motorista acusado de ser o responsável por atropelamento coletivo em Tramandaí vai a júri popular

Motorista acusado de ser o responsável por atropelamento coletivo em Tramandaí vai a júri popular

Julgamento do acidente de trânsito, que deixou cinco feridos e três mortos, ocorre no próximo dia 26

Correio do Povo

S10 caiu no rio após o acidente de trânsito

publicidade

Já tem data o julgamento do motorista acusado de ferir cinco pessoas e matar outras três em um atropelamento coletivo ocorrido em 17 de março de 2012, em Tramandaí, no Litoral Norte. O promotor de Justiça André Luiz Tarouco Pinto confirmou nesta quarta-feira que o júri popular acontece no próximo dia 26 na 1ª Vara Criminal de Tramandaí.

“É um processo que demorou”, observou, recordando que o condutor, na época com 21 anos, teve o teste de embriaguez com etilômetro dado positivo. Após ser preso, o jovem foi solto em junho de 2012 para responder o processo judicial em liberdade.

Na época, o réu conduzia uma caminhonete Chevrolet S10,de cor branca, na ponte Giuseppe Garibaldi, no limite entre Tramandaí e Imbé, quando o veículo colidiu contra um Ford Focus, chocou-se contra uma mureta e atingiu diversas pessoas, entre pescadores e pedestres, antes de despencar no rio Tramandaí. No acidente de trânsito, um homem, de 77 anos, e o filho, de 44 anos, tiveram óbito no local.

O jovem conseguiu sair da caminhonete dentro do rio com ajuda de um barco que passava pelo local. Já o amigo dele, de 22 anos, que estava junto na S10, não foi localizado em um primeiro momento. O corpo dele foi encontrado quase duas semanas depois em uma praia de Jaguaruna, no litoral de Santa Catarina.  

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895