PF prende irmãos por armazenamento de pornografia infantil na cidade de Joia

PF prende irmãos por armazenamento de pornografia infantil na cidade de Joia

Há suspeita da prática também dos crimes de aliciamento e abuso sexual infantil

Correio do Povo

Houve o recolhimento de computadores, dispositivos de mídias, brinquedos e roupas infantis

publicidade

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira a operação Rede Segura, que apura estupro de vulnerável, aliciamento, produção, compartilhamento e armazenamento de conteúdo pornográfico infantil, na região Noroeste do Rio Grande do Sul. A investigação apurou que os suspeitos utilizavam redes sociais para entrar em contato com as vítimas e, posteriormente, passavam a trocar mensagens pelo telefone celular.

Os agentes cumpriram dois mandados judiciais de busca e apreensão no município de Joia. Houve o recolhimento de computadores, dispositivos de mídias, brinquedos e roupas infantis que serão submetidos à perícia, além de uma arma e munições produzidas por um dos suspeitos.

Tratam-se de dois irmãos, de 53 e 55 anos de idade, que foram presos em flagrante pelo armazenamento de vasto material contendo pornografia infantil, inclusive imagens de violações de crianças que preliminarmente indicam que sejam de um dos investigados.

No local, os policiais federais encontraram também roupas de crianças e brinquedos. No entanto, nenhum dos investigados possuem filhos, o que reforça a suspeita da prática dos crimes de aliciamento e abuso sexual infantil.

Os irmãos foram conduzidos à Polícia Federal em Santo Ângelo e indiciados pela produção e armazenamento de pornografia infantil, e, um deles, também pela posse ilegal de arma de fogo. Um deles já teve registro de ocorrência policial por tentativa de estupro de vulnerável.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895