Polícia Civil investiga tentativa de homicídio nas imediações da Arena do Grêmio

Polícia Civil investiga tentativa de homicídio nas imediações da Arena do Grêmio

Corporação acredita que ataque ocorreu após vitimas se aproximarem de local dominado por tráfico de drogas

Marcel Horowitz / Rádio Guaíba

publicidade

A Polícia Civil confirmou à Rádio Guaíba, neste domingo, que descarta que a tentativa de homicídio de dois homens, no entorno da Arena no Grêmio, na noite de sábado, tenha ligação com com brigas entre torcidas de futebol. A principal suspeita, segundo a corporação, é a de que o crime tenha sido motivado pela aproximação das vítimas, ambas de 26 anos, de um ponto de armazenagem e venda de drogas.

A ocorrência foi registrada após a final do Gauchão. O tenente-coronel Daniel Araújo declarou que uma guarnição foi ao local por conta de uma suposta briga na área dos banheiros no bar Avalanche. Ainda segundo o comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar (BPM), nenhuma das vítimas tinha antecedentes. Dois homens apontados como autores dos disparos foram presos, na madrugada deste domingo, de acordo com o coronel.

Conforme o delegado Mário Souza, um dos baleados está internado em estado grave e outro, com quadro estável de saúde. Essa segunda vítima, segundo o policial, alega não saber o motivo do ataque. “Eles (as vítimas) estavam em uma área onde haviam homens vendendo drogas. Quando se aproximaram, esses homens acharam que era gente que iria enfrentá-los ou pegar as drogas”, declarou o diretor do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Ambos os presos, segundo o delegado, já tinham antecedentes por tráfico. Eles foram capturados próximo ao local do crime.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895