Preso homem que matou mulher na frente da filha em Porto Alegre
capa

Preso homem que matou mulher na frente da filha em Porto Alegre

Crime ocorreu dentro da residência do casal

Por
Correio do Povo

Se confirmar as suspeitas da polícia e da vizinhança, o caso engrossa a lista gaúcha de feminicídios no RS, o terceiro colocado em crimes deste tipo no país

publicidade

Um homem de 31 anos, principal suspeito de ter matado uma mulher de 28 anos, foi preso pela Polícia Civil. Ele teria matado a vítima em frente a filha do casal. Conforme testemunhas, uma briga tinha acontecido na noite anterior ao crime, madrugada do último sábado. 

O casal ficou oito anos junto e estava em processo de separação, sendo que a mulher já tinha medida protetiva expedida pela Justiça contra o ex-companheiro. O corpo da vítima foi encontrado na rua Comendador Eduardo Secco, bairro Jardim Carvalho, em Porto Alegre. O pai da vítima contatou a Brigada Militar depois que a criança chamou pelos avós na manhã de sábado. Havia sinais de violência e asfixia.

A delegada Tatiana Bastos ressalta que o inquérito deverá ser finalizado ainda nesta semana. "Ouvimos testemunhas, incluindo a mãe da vítima, que confirmou que estavam em processo de separação. Ele já havia deixado a residência do casal". A policial diz ainda que a morte foi violenta. "Os sinais são de asfixia, e o rosto estava muito lesionado. Ela foi espancada antes de morrer. Foi um crime muito cruel, ainda mais na frente da criança". 

O homem se reservou ao direito de permanecer calado, mas a mãe disse que ele teria reconhecido a autoria do crime.